08 de janeiro de 2018

5 dicas para curtir uma viagem sozinho

O tipo de experiência que todos deveriam ter

Já diziam os muitos posts de Facebook “Viajar é trocar a roupa da alma!” // “Ninguém volta o mesmo de uma viagem”. Duas afirmações clichês, porém verdadeiras.

Seja com a família, com os amigos ou com o amor da sua vida, viajar é sempre uma experiência enriquecedora. 

Mas, você já pensou em viajar sozinho?

Sim! Sozinho.
Carreira solo.
Alone.
 
Ao contrário do que algumas pessoas pensam, fazer uma viagem sozinho está longe de ser um ato solitário. O fator “enriquecedor” desse tipo de viagem está, exatamente, em sair 100% de sua zona de conforto. Pode parecer intimidador de começo, mas não é assim com toda boa aventura?

No final, assim como todas as outras “categorias” de viagem, viajar sem acompanhantes (ou, pelo menos, sem alguém conhecido) pode ser MUITO recompensador. 

Se você está pensando em se jogar nesse tipo de experiência ou se os parágrafos anteriores te convenceram a tentar, listamos algumas dicas essenciais para os “marinheiros de primeira viagem”. Algumas “regras” que garantirão uma aventura positivamente inesquecível.

Confira:

Interaja! 

Interação

Não conte para sua mãe, mas falar com estranhos pode ser muito bom em uma viagem como essa. Algumas pessoas optam por viajar em grupos montados por agências, outras seguem seus próprios ritmos, mas as duas versões de viagem exigem certo tipo de interação com pessoas desconhecidas.

Não se acanhe! Conversar com outros turistas, de outros lugares do mundo, é uma oportunidade de conhecer um pouco mais sobre outras culturas e costumes.

A população local também é de grande ajuda. Se você não for do tipo que faz questão dos passeios mais turísticos, os nativos têm as melhores dicas de lugares incríveis e pouco visitados por viajantes. 

Aproveite para puxar conversa quando dividir o transporte ou a mesa no restaurante, por exemplo. De qualquer forma, o aprendizado é garantido – dá até para dar um upgrade no idioma se for uma viagem internacional.

Interagir com pessoas que você não conhece pode render boas amizades e, com certeza, boas histórias. Mas, é claro que, prezando sempre por sua segurança.



Fique de olhos abertos

Teto da Capela Sistina, no Vaticano

Essa dica vai além de tomar conta de seus pertences, gadgets e documentos. 

Sem um companheiro de viagem, você pode prestar mais atenção aos detalhes do destino. Acaba sendo inevitável não desenvolver uma relação mais profunda com o lugar quando estamos livres para notar as coisas respeitando nosso próprio ritmo.


A-P-R-O-V-E-I-T-E

Aproveite

Divirta-se, faça tudo que deseja fazer!

Saboreie cada momento de sua viagem como se fosse o último. Pode parecer piegas, mas nunca se sabe quando outra aventura dessa poderá acontecer.

Desfrute de sua própria companhia enquanto pode. Viajar com filhos, família e até com o mozão (por mais aventureira que seja a pessoa) é sempre diferente. 

A vida muda a todo instante, faça dessa experiência SUA experiência. Viva esses dias POR VOCÊ.


Quebre suas próprias barreiras

Comendo comida local

Sim, viajar sozinho pela primeira vez já é bastante fora de sua zona de conforto. Mas, você pode ir além.

Se jogue nos costumes locais! Não fique apenas na plateia assistindo e aprendendo sobre como é a vida em determinado destino, participe!

Coma em um restaurante popular entre os nativos da região, esqueça por um segundo suas preferências alimentares (a não ser que envolvam alergias, é claro!) e viva o momento. 

Visite um bar ou balada local, deixe suas preferências musicais de lado e dance ao som do que os nativos dançam.

Viajar sozinho permite que você seja quem você quiser ser. Crie uma espécie de personagem, faça coisas que você deixou de fazer em outras viagens por temer a opinião de quem te acompanhava.

Afinal, se ninguém te conhece, porque precisam saber exatamente como você é?



Confie em você

Confie em si mesmo

Por último, mas não menos importante: confie em você mesmo!

Viajar solo ainda não é uma ideia tão comum para todo mundo. Principalmente, quando o viajante em questão é uma mulher.

Durante o processo de planejamento da viagem, é comum que algumas pessoas tentem te desencorajar ou dar “dicas” que mais amedrontaram do que ajudam. Basta confiar em seu próprio instinto e você estará seguro (a).

Tomamos diversas medidas de segurança diariamente, inclusive na rua de casa! Em outra cidade, estado ou país não muda muita coisa. Basta manter-se atento e evitar situações que você, provavelmente, já evitaria em seu destino de origem e tudo ficará bem!



E aí? Está pronto para se jogar por esse mundo a fora? 

Entre em contato conosco e comece agora sua próxima aventura.

EXPERIÊNCIAS RELACIONADAS

Desafiar

Aventura em solo Andino

Detalhes

15 dias

Desfrutar

California Dreaming

Detalhes

18 dias

Desfrutar

Para amar Amsterdã

Detalhes

4 dias

Compartilhar

ENCONTRE A VIAGEM DOS SEUS SONHOS!

Deixe seu e-mail e receba um mundo de possibilidades.