05 de setembro de 2018

5 experiências que você precisa viver na Amazônia

Te damos mais motivos para preservá-la

Dia 5 de setembro comemora-se o Dia da Amazônia!

A data foi criada visando conscientizar as pessoas sobre a importância da maior floresta tropical do mundo. Foi em 5 de setembro de 1850 que o Príncipe D. Pedro II decretou a criação da Província do Amazonas (hoje estado), por isso o dia foi escolhido para lembrar a todos o quanto devemos nos preocupar com esse presente da natureza.

Já visitou esse tesouro do qual nosso país possui 60% do território?

Em comemoração a esse dia que nos exige reflexão, listamos 5 experiências que você precisa viver na Amazônia.

Confira:

1 – Essencial


Rio Negro e Solimões

É primordial, necessário, crucial e todos os outros sinônimos de fundamental, que você dê um belo mergulho, ou pelo menos uma olhadinha, no encontro de águas do Rio Negro com o rio Solimões

Acredite, será um dos momentos mais marcantes de sua vida.


2 – Quebrando paradigmas


Mamirauá

Pertinho do rio Solimões está a Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá, a maior reserva florestal do Brasil dedicada exclusivamente à proteção da várzea amazônica. 

Além de trilhas pelas redondezas da reserva, você terá a oportunidade de experimentar como é viver em uma comunidade flutuante. Mamirauá é um ecossistema formado por lagoas, lagos, ilhas e muitas outras formações, por isso permanece debaixo d’agua (de 7 a 15 metros) por metade do ano.

Uma experiência fora do comum.

3 – Presidente Figueiredo


Presidente Figueiredo

Se você curte uma cachoeira, Presidente Figueiredo é o lugar para você! O município possui mais de 100 cachoeiras!!!!

Recheada com grutas, cavernas e trilhas, a região é um paraíso na terra. Perfeita para quem ama desbravar novos territórios e não dispensa aquela foto incrível no feed do Instagram!

Imagens dizem mais do que palavras!

4 – Comidas típicas


Tacacá

Uma viagem só se torna completa quando nos jogamos de barriga (hehe) nela. A gastronomia amazonense é surpreendente e diferente de tudo que você já comeu. 

Mas, você não pode se despedir da Amazônia sem provar o famoso Tacacá!

A iguaria de origem indígena é extremamente popular, vendida até mesmo nas ruas de todo o estado. Feito, basicamente, com tucupi (caldo de mandioca), jambu, goma de tapioca, camarões e erva amazônica (responsável pela leve dormência na boca), ele é servido bem quente e costuma ser consumido no fim da tarde, antes do jantar.

5 – MUSA


Fachada musa

O Museu da Amazônia (MUSA) é uma das estrelas de Manaus. Trata-se de um museu a céu aberto com exposições temáticas, viveiro de orquídeas e bromélias, lago, aquários, serpentes, insetos e borboletas.

Mas a verdadeira musa do local é a Torre de Observação! São 42 metros de altura até o topo, 242 degraus e 3 níveis de plataforma (14, 28 e 42 metros) que proporcionam aos visitantes uma das vistas mais extraordinárias da floresta amazônica


Torre de observação



Também é possível agendar uma visita à torre durante o pôr do sol. Dá para imaginar a imensidão da beleza do sol se pondo atrás do oceano de árvores?


Resumindo: Imperdível!


Vale lembrar que nenhuma dessas dicas poderá ser seguida se não preservamos a floresta que está presente em 8 dos nossos estados: Acre, Amapá, Pará, Amazonas, Roraima, Rondônia, Tocantins e parte do Maranhão e Mato Grosso.

A floresta amazônica sofre ameaças constantes de desmatamentos ilegais que podem afetar o mundo inteiro.

Faça a sua parte, conscientize, prestigie, proteja o meio ambiente para que possamos comemorar essa data e visitar esse lugar incrível por muitas e muitas centenas de anos!

Ah! E se você precisar de uma ajudinha para a visita, entre em contato conosco. 


Compartilhar

ENCONTRE A VIAGEM DOS SEUS SONHOS!

Deixe seu e-mail e receba um mundo de possibilidades.