04 de julho de 2019

O que é viagem de incentivo empresarial: benefícios e como implementar

Forma inovadora para engajar funcionários de alta performance é mais valorizada do que bônus em dinheiro. [GUIA] O que é viagem de incentivo

Você já pensou em oferecer uma viagem para um colaborador ou equipe que alcançou uma meta e trouxe mais negócios para sua empresa? Nunca? Você acredita que dar um bônus em dinheiro vai deixar seu funcionário mais contente e vai dar menos trabalho para sua gerência? Então neste artigo, você vai saber tudo sobre o que é viagem de incentivo e, porque ela pode trazer melhores resultados que o bônus salarial. 

Você sabia que existe uma coisa que os funcionários de hoje valorizam e desejam mais do que um aumento? Uma pesquisa recente descobriu que 84% dos colaboradores preferem receber vouchers que proporcionam experiências, em vez de incentivos tradicionais, como bônus em dinheiro. 

Olhando para o futuro do local de trabalho, 3 de cada 4 funcionários da geração Millenium também querem mais experiências do que bens tangíveis e 17% querem a oportunidade de compartilhar recompensas com colegas.

Depois de ter acesso a esses dados, esperamos que você tenha mudado sua opinião sobre a relação entre dinheiro, funcionários e viagens, e esteja interessado em saber mais sobre o que é viagem de incentivo.

Este artigo, busca responder a questões como:

  • quais são os benefícios que a empresa tem ao criar um programa de viagens de incentivo;
  • como montar um pacote de benefícios que inclui viagens;
  • quais os tipos de viagens de incentivo existentes? 

Então, continue acompanhando. 

O que é viagem de incentivo? 

Antes de entendermos as vantagens da modalidade frente a outros benefícios oferecidos aos colaboradores, que tal compreender o que é viagem de incentivo? 

A viagem de incentivo é um tipo de viagem de negócios, que ajuda a motivar funcionários ou estreitar laços com alguns parceiros, e estimulá-los a aumentar sua produtividade ou atingir uma meta.


Programas de viagens de incentivo são uma ferramenta motivacional para aumentar a produtividade e ajudar a atingir objetivos de negócios, com a aplicação da estratégia os participantes ganham uma recompensa baseada em um nível específico de desempenho estabelecido pela gerência. 

Os “ganhadores” são recompensados ​​com uma viagem e o programa é projetado para reconhecer os funcionários, por suas conquistas.

Esses “ganhadores” são os colaboradores ou a equipe que atingiu um objetivo da empresa, já predefinido, na apresentação do programa. A decisão de premiação coletiva ou individual deve variar de acordo com a cultura organizacional e o tipo de negócio. 

Porque implementar um programa de viagem de incentivo?

A viagem de incentivo é uma ótima maneira de mostrar à sua equipe que ela é importante para a empresa e que são valorizados por tamanho trabalho. 

Você pode levar todo o grupo para um cenário inspirador, que os estimule a começar uma campanha ou fornecer a recompensa final, mediante o alcance dos objetivos previamente estabelecidos. 

Entre as vantagens de oferecer esse tipo de benefício estão: 

Aumentar as vendas

Embora não possamos dizer que as viagens de incentivo resultarão diretamente em vendas mais altas, parece haver uma correlação entre empresas que têm ótimos resultados de vendas e também oferecem viagens de incentivo.

Uma pesquisa com as empresas que estão entre as 20% com melhores resultados de vendas e apresentam um aumento médio ano a ano na conquista de negócios, descobriu que 100% das empresas ofereciam viagens em grupo e eventos patrocinados pela empresa para reconhecer sucesso de vendas no final do ano.

Reconhecer o bom desempenho

O reconhecimento dos funcionários é crucial para uma cultura positiva no local de trabalho.

As pessoas que recebem agradecimentos por seu trabalho duro provavelmente se sentirão valorizadas e continuarão se esforçando.

Muitos empregadores podem ser acusados ​​de pensar que o dinheiro é o caminho para manter a equipe feliz, mas nem sempre é o caso.

Surpreendentemente, 36% dos funcionários admitiram que desistiriam de parte de seu salário para serem mais felizes no trabalho, e o reconhecimento é uma forma de garantir que você tenha um local de trabalho mais feliz.

Pequenas coisas como dizer obrigado são um bom começo, mas porque não mostrar que você realmente se importa, criando um programa de viagem de incentivo e premiando seus melhores profissionais ou as equipes de alta performance?

Aumente a fidelidade e a retenção de talentos 

As empresas confiam e desejam a lealdade dos funcionários, afinal, os colaboradores comprometidos com a empresa, investem muito mais no sucesso de sua organização do que os membros da equipe desengajados.

Entretanto, cerca de 32% dos funcionários não se sentem seguros de que a empresa para a qual trabalham se manterá fiel a eles. Acredite, fidelidade deve ser uma via mão dupla. 

Então, por que não usar o conceito sobre o que é viagem de incentivo como um sinal claro de que as pessoas que ficam por perto são apreciadas? Oferecer passeios para quem está em seu time há alguns anos, é um dos tipos de aplicação dessa modalidade.

Acredite, se você recompensar a equipe corretamente, então eles se sentirão valorizados e apreciados pela empresa, o que significa que eles estarão mais propensos a permanecer na empresa por mais tempo.

Um relatório da Oxford Economics revelou que quase 80% dos executivos indicaram que as viagens de incentivo têm um impacto significativo no moral dos funcionários e na satisfação no trabalho, e 70% acreditam que isso tenha um impacto real no desempenho dos colaboradores.

A oportunidade de fazer uma viagem é um grande benefício que pode não apenas manter funcionários na empresa, mas também atrair os melhores talentos para o seu negócio. 

As viagens são maneiras inteligentes de fazer com que seus funcionários atuais falem sobre o quanto você é ótimo.

Encorajar o trabalho em equipe

O trabalho em equipe faz sua empresa funcionar. Para uma empresa atingir seus objetivos, ela precisa que seus funcionários trabalhem juntos.

A competição saudável pode ser ótima para empurrar as pessoas para o seu melhor, mas a competição que afeta os relacionamentos interpessoais, é uma receita para o desastre.

Usar a viagem de incentivo como uma recompensa de final de período para uma equipe pode ser uma boa chance de criar momentos onde as pessoas que passaram o ano trabalhando juntas podem se conhecer melhor, o que levará a um desempenho ainda maior no próximo ano.

Alguns exercícios furtivos de teambuilding poderiam ser usados ​​para fortalecer as relações entre os colegas também.

Como planejar um programa de viagem de incentivo?

Viagens de incentivo não significam apenas levar a equipe a um resort cinco estrelas no Caribe. Há muitas opções que podem atender a qualquer negócio, pequeno ou grande.

Opções mais econômicas, como um fim de semana em uma cidade de praia ou serra, ou uma pausa em um resort all-inclusive, são uma ótima maneira de “cuidar” da equipe sem quebrar o caixa da empresa. 

Todo mundo tem gostos de viagem diferentes, enquanto alguns gostam de ir para uma praia deserta, andar descalço na areia e tomar um vinho longe de internet, telefone e trânsito, outros colaboradores, podem gostar de cidades agitadas, com boates, shoppings e muitas opções culturais. 

Então, como colocar em prática o que é viagem de incentivo, se criar um padrão parece impossível? A seguir, confira nosso passo a passo.

1. Escolha as melhores datas

Não há dúvida de que seus funcionários terão alguns dias ruins de vez em quando. Projetos estressantes, testes desafiadores de produtos, uma nova versão de software sendo testada, a lista continua. Enviá-los, nestes momentos, em uma viagem de incentivo seria um verdadeiro impulso de humor, mas certamente não traria nenhum benefício para a empresa. 

Determine uma data que se alinhe perfeitamente não apenas com o humor da equipe, mas também com os objetivos organizacionais da empresa.

O momento perfeito para uma viagem de incentivo envolve uma combinação de:

  • bom tempo;
  • um período de baixo movimento no escritório;
  • poucos colaboradores de férias.

2. Conheça o seu grupo alvo

Entenda quem vai viajar. É uma equipe de vendas, uma equipe de corretores, seus clientes ou um mix de departamentos? 

É importante que você pense no valor que sua viagem de incentivo pode oferecer a todos os grupos-alvo. 

Se é uma grande corporação com muitas equipes que não interagem muito no local de trabalho, escolha um formato que suporte o desenvolvimento de conexões. Os funcionários podem se beneficiar de atividades em grupo, que você pode inserir na programação de um evento.

3. Decida o que deve ser realizado

Pode haver objetivos muito importantes por trás de cada viagem de incentivo. Algumas empresas com alcance internacional usam esses eventos para atrair visitantes estrangeiros, enquanto outros esperam incentivar conexões valiosas entre as equipes. 

Certifique-se de que os objetivos da gerência da sua empresa esteja alinhado com o plano de viagem.

4. Planeje com antecedência 

Essa pode ser a maior dificuldade que você vai sentir ao organizar uma viagem de incentivo. 

Comece a se planejar com 6 a 12 meses de antecedência para ser capaz de organizar a viagem, desde o transporte, até hospedagem e alimentação dos colaboradores. 

5. Lide com o orçamento

Viagens de incentivo devem ser efetivamente isentas de riscos e custar nada à empresa. Isso significa que todas as despesas relacionadas a uma viagem de incentivo devem ser razoáveis e o ROI esperado deve corresponder ao orçamento inicial.

O que isso quer dizer? 

Você deve estabelecer um orçamento de viagem que corresponda aos ganhos esperados com o aumento de motivação e produtividade da equipe. 

A ideia é que a viagem irá trazer retorno em forma de dinheiro, pois, sua equipe irá produzir mais ao voltar. Tente ter uma ideia do quanto mais. 

Se, por exemplo, você prever um crescimento de 15% na produção do período seguinte a viagem, seu investimento deve ser menor que o valor correspondente a essa porcentagem.  

6. Escolha o local ideal

Faça uma pesquisa com seus funcionários e busque levantar o tipo de viagem que eles gostariam de fazer, locais que gostariam de visitar, experiências que desejam viver e mais. 

Você deve alinhar as respostas, em busca de um destino que corresponda ao seu orçamento.

7. Certifique-se de que não termina aí

Memórias duradouras são construídas através de repetição e recapitulação. Organize um seminário pós-viagem, pesquise seus participantes ou crie um concurso de compartilhamento de fotos para acompanhar uma viagem de incentivo.

Dica: as atividades pós-evento não devem necessariamente se relacionar apenas com aqueles que estiveram na viagem. Deixe-os compartilhar suas impressões para aumentar a conscientização.

Quais são os desafios associados à criação de um programa?

Os principais desafios do conceito acerca do que é viagem de incentivo, tendem a estar relacionados a orçamentos apertados e a executar um programa eficaz que demonstre algum nível de retorno.

Para maximizar o benefício de um programa de viagem de incentivo, ele deve garantir que os seguintes objetivos sejam alcançados:

  • os critérios de ganho e seleção para a recompensa, devem estar claramente vinculados aos objetivos do negócio;
  • a comunicação sobre o programa e o progresso dos participantes em relação aos objetivos, deve ser clara e consistente. Você pode usar as avaliações de desempenho periódicas e os feedbacks para solucionar esse ponto;
  • o design do programa de viagem, incluindo destinos desejáveis, sessões interativas e tempo de lazer para os ganhadores, deve aumentar a expectativa geral;
  • executivos e gerentes-chave devem atuar como anfitriões para reforçar o compromisso da empresa com o programa de recompensas e reconhecimento;
  • a empresa deve manter registros detalhados que comprovem a produtividade dos ganhadores e suas contribuições para o desempenho financeiro da empresa;
  • os ganhadores devem ser reconhecidos;
  • deve haver oportunidades de trabalho em rede para que os funcionários de melhor desempenho construam relacionamentos com outros funcionários de alto desempenho;
  • os ganhadores devem ser motivados a continuar com um alto nível de produtividade.

Como organizador, você também deve planejar o cronograma de atividades, caso a viagem seja em grupo, para incluir conteúdos sobre a empresa, de maneira equilibrada. 

Lembre-se que a viagem de incentivo é um momento de relaxamento e não de mais pressões. Ou seja, evite apresentar metas futuras. Ao invés disso, parabenize pelas metas alcançadas e mostre resultados positivos de toda equipe. 

Em viagens de incentivo “individuais” os colaboradores podem ter contato com um material de boas vindas da sua empresa ao chegarem no hotel, por exemplo. 

Se faça presente, sem estragar a viagem de descanso. 

Agora que você entendeu o que é viagem de incentivo e os benefícios que ela pode apresentar para seu negócio, pode estar pensando no trabalho exigido para sua organização. Realmente o trabalho é grande, mas não desista por isso. 

A GSP Travel possui um programa de business travel com serviços personalizados de gestão de viagens corporativas. Nós realizamos desde o planejamento até a reserva de passagens e hotéis para seus colaboradores. 

Acredite, com nosso suporte sua empresa irá diminuir gastos financeiros, vai economizar tempo e estresse da sua equipe. 

Nós também organizamos viagens a negócios e fazemos toda a gestão de viagens corporativas

Entre em contato com os consultores da GSP Travel e conheça mais sobre nosso programa de gestão de viagens corporativas e repasse todo o trabalho para nossa equipe que já tem mais de 50 anos de mercado, e muitos parceiros espalhados pelo Brasil e mundo.

EXPERIÊNCIAS RELACIONADAS

Desfrutar

Um conto de fados portugueses

Detalhes

8 dias

Compartilhar

ENCONTRE A VIAGEM DOS SEUS SONHOS!

Deixe seu e-mail e receba um mundo de possibilidades.